terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Expectativa versus realidade

Por Viviane Ilha

Ano novo chegou, é verão! Novas possibilidades, talvez.
Expectativa: aproveitar o que tem de melhor, calor e diversão.
Realidade: trabalhar seis dias na semana com a opção de ver o sol após as dezenove horas.
Expectativa: tirar férias e viajar.
Realidade: selecionar um monte de séries que durante o ano passado não conseguiu assistir.
Expectativa: começar um projeto fitness.
Realidade: chope e batatas fritas no barzinho perto de casa.
O que importa é que são mais de trezentos dias para buscar uma expectativa que vire realidade por determinação.   

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Feliz Ano Novo!


O mundo movimenta-se num universo, uniforme e relacionativamente. É alimentado por energias que desconheço. Luz e sombra se alternam. Mesmo que o planeta Terra se banhe de fogos, na virada do Ano Novo, de um tempo criado pelo homem, nada altera sua trajetória astral. Assim, nada muda na minha mente – tomada por um corpo que se transforma momentaneamente –. Arriscar novos sonhos é preciso! Com nova consciência, acreditar, ousar e realizar. Que se faça cumprir o que é vontade – da Vontade Divina –. Bem aventurado seja o nosso futuro!

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Lição dos dois pés

Por Viviane Ilha

Quando teus pés estiverem cansados de um ritmo que não é seu
Quando teus pés forem pisados infinitamente por outros
Quando teus pés já não andarem mais em solos férteis
Quando teus pés se desencontrarem daquilo que antes era alegria, há apenas uma saída.
Quando juntares os dois pés com coragem, encontrará o caminho.
Na lição dos dois pés todos os ciclos de alegria e dor devem ser fechados, pois aquilo que te machucou e que não serve mais como uma opção de vida deixará de existir prontamente.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Novos Desafios


Antes de abandonar 2016, e ser muito grata a Deus pelo ano que tive: pedi saúde e tranqüilidade e tive tranqüilidade e saúde. Tive, bem além das turbulências externas. Eis meus futuros e novos DESAFIOS, de mim para mim, executáveis, vivendo o dia, com todo o cuidado, para o hoje e o amanhã, como se houvesse o amanhã! Sim, como se houvesse o amanhã!  O desafio acaba no dia 15 de dezembro de 2017. Das 88 tarefas tenho que cumprir pelo menos 88, tenho que cumprir! Vem comigo!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Não pensar!


* “Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...
O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar...
Amar é a eterna inocência,(...)”


*Fernando Pessoa

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Equilíbrio



Identifiquei o meu existir no que diz Mireia Darder, autora do livro Nascidas para o Prazer, nesse texto: “Só quando estou sozinha me sinto totalmente livre. Reencontro-me comigo mesma e isso é agradável e reparador. É certo que, por inércia, quanto menos só se está, mais difícil é ficá-lo. Mesmo assim, em uma sociedade que obriga a ser enormemente dependente do que é externo, os espaços de solidão representam a única possibilidade se fazer contato novamente consigo. É um movimento de contração necessário para recuperar o equilíbrio”.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Hino do Rio Grande do Sul


Como a aurora precursora
Do farol da divindade
Foi o 20 de Setembro
O precursor da liberdade

Mostremos valor constância
Nesta ímpia e injusta guerra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra

De modelo a toda Terra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra

Mas não basta pra ser livre
Ser forte, aguerrido e bravo
Povo que não tem virtude
Acaba por ser escravo

Mostremos valor constância
Nesta ímpia e injusta guerra
Sirvam nossas façanhas
De modelo a toda Terra

De modelo a toda Terra
(...)